Como contratar um empregado: processo de admissão e muito mais

06/05/2022 às 17:27:50 • 13 min de leitura
Como contratar um empregado: processo de admissão e muito mais
Sua empresa está crescendo e está na hora de contratar? Você está no lugar certo! 
Além de empresas crescendo, novas empresas também precisam contratar empregados para fazer o negócio gerar lucro, que é o que todos nós queremos, não é mesmo?!
Todo esse processo pode gerar uma dor de cabeça para o empreendedor, principalmente se você é novo nesse caminho. 
“Como contratar? O que eu preciso pagar? A contabilidade me ajuda com a contratação?” Essas e muitas outras dúvidas surgem o tempo todo, por isso, estamos aqui para te auxiliar no processo de contratação de empregados. 
 
1. Qual é a importância do processo de admissão?

Ao contratar um empregado você terá custos e todo um processo para achar a pessoa ideal para o cargo. Por isso, o segredo é alinhar tudo muito bem e ter muita cautela. 
Para ficar mais claro, vamos utilizar o exemplo de uma empresa de ar condicionado. O Paulo, proprietário da empresa, precisa contratar empregados para auxiliar nos serviços de instalação e limpeza de ar condicionado. 
Esse empregado não pode “ser frio”, ou seja, não pode trabalhar sem um registro e sem formalização desta contratação. Para isso, existe o processo de admissão, que formaliza os serviços do empregado da empresa, onde autoriza que a pessoa física preste serviço para a pessoa jurídica.  
Toda essa formalização, tipo de contrato, registro de empregado, folha de pagamento e tudo que for relacionado a parte burocrática, fica tranquilo(a), a Razonet cuida pra você! 
Você, como empreendedor, precisa planejar o processo antes dessa admissão, ou seja, realizar o processo de recrutamento, seleção e admissão que devem ser de acordo com os objetivos da empresa. Além disso, após esse processo, você terá acesso ao app Razonet e poderá cadastrar seus empregados e postar todos os documentos. 
 
2. O que você precisa saber para contratar um empregado?

Para realizar uma contratação é importante que você entenda quais são os tipos de contrato de trabalho que você pode ter com o seu empregado. Mas fica tranquilo(a), vamos explicar todos eles aqui. (: 

2.1 TIPOS DE CONTRATO DE TRABALHO

Contrato de experiência

Esse é o famoso contrato de experiência que as empresas realizam para identificar se o empregado irá se adaptar com as atividades da empresa e com a sua função. 
Na nossa empresa de ar condicionado, Paulo contrata Rodrigo, um profissional para ajudar com a instalação e limpeza, mas precisa verificar se o trabalho vai ser como o esperado, se ele tem habilidades para isso, se vai se adaptar com horários, formas de trabalho, se tem o perfil da empresa e comportamento. Por isso, Paulo, antes de fazer a contratação efetiva, vai fixar um contrato por até 90 dias. 
A CLT permite dividir esse período em até 2 partes. Por exemplo, você pode contratar por 30 dias e, depois, prorrogar a experiência por mais 60.
 
Contrato por tempo indeterminado

Após Paulo identificar que Rodrigo está apto para as atividades e para trabalhar na empresa, ele pode utilizar o contrato por tempo indeterminado, ou seja, sem uma data prevista de término. 

Nesses casos, o rompimento acontece apenas em casos de demissões ou pedidos de dispensa. 

 
Contratação temporária

A contratação temporária pode ser realizada por curto período de tempo, por até dois anos, podendo ser prorrogada por até mais 2. 
Aqui, é preciso se enquadrar em uma das situações previstas em lei:
  • Atividade transitória: como as contratações em épocas turísticas ou de final de ano.
  • Demanda complementar de serviço: a natureza do serviço justifica a contratação a prazo, como no caso dos jogadores de futebol, artistas e radialistas.
 
Trabalho autônomo

Sua empresa precisa contratar um empregado para um projeto específico? Nesse caso, o contrato pode ser de trabalho autônomo. 
Imagine o exemplo da contratação de um pintor para realizar um serviço único e específico, a pintura de uma casa pelo período de 01 mês. Nesse caso, ele não vai ter vínculo empregatício, o trabalhador irá determinar seu horário e irá atuar de forma independente.  
São muitos tipos de contrato de trabalho, não é mesmo?! Como saber qual é o contrato mais adequado para a sua admissão e como realizar tudo isso? Calma, calma, assim que você se tornar cliente nosso cliente, pode nos chamar no WhatsApp e contar com o atendimento humanizado de uma contabilidade digital, a Razonet. 

 
Contrato de Estágio

O setor financeiro, de marketing ou vendas está em busca de um estagiário para auxiliar nas atividades do dia a dia? Assim como o trabalho autônomo, o estágio não configura vínculo empregatício. 
O estágio não possui um contrato entre o estagiário e a empresa, ele é substituído por um termo de compromisso onde contém as atividades desempenhadas pelo estudante. 
Nesse caso, é importante lembrar que o estagiário precisa ter uma pessoa que oriente as suas atividades, assegurando o aprendizado e aproveitamento máximo. 
Na contratação de estagiário a limitação de carga horário é de 30 horas semanais, sendo 06 horas para alunos do ensino médio, superior ou técnico. 
 
Menor aprendiz

O programa Menor Aprendiz é uma iniciativa do Governo Federal, estabelecida pela Lei da Aprendizagem, nº 10.097/00
Para esse tipo de contratação, é necessário que o trabalhador seja matriculado e esteja assistindo às aulas, pois o contrato é atrelado a sua frequência na escola. Nesse caso, o horário deve ser o contra turno escolar e o salário compatível com as horas trabalhadas, de acordo com o salário mínimo vigente. 
O período é determinado, sendo no máximo de 02 anos e é voltado para estudantes com idade entre quatorze e dezoito anos. E o registro? O menor aprendiz possui uma anotação feita normalmente na CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social)  e a empresa precisa ter um contrato com a instituição de ensino deste aprendiz. 
Não há motivo para pânico! :O kkkkk Estamos aqui para te ajudar com tudo isso, fica tranquilo!! 
Se tornando cliente Razonet Contabilidade Digital, nós ajudamos com os tipos de contratos, registros, folhas e muito mais! É só chamar a nossa equipe, clicando aqui
 
Contrato de trabalho Intermitente

O contrato intermitente é quando há subordinação da empresa e quando a prestação de serviços não é contínua, ou seja, quando tem alternância de períodos e de inatividade, com determinação de horas, dias ou meses. Isso acontece para qualquer tipo de atividade, exceto para os aeronautas, regidos por legislação própria, Lei n° 13.475/2017.
No exemplo do Paulo, da empresa de ar condicionado, é possível contratar um empregado por 01 ano para realizar a instalação de ar condicionado. A empresa recebeu um pedido grande, por isso precisa de mais mão de obra, porém apenas pelo período de 01 ano. 
 
Contrato de trabalho home Office

Esse tipo de contrato ouvimos falar muito nos últimos tempos. Certamente você conhece alguém que trabalhou em home office nesta pandemia ou você mesmo teve a experiência. 
O serviço é realizado fora da empresa, na casa do trabalhador, como o próprio nome diz “home”, traduzido do inglês. As tarefas são desenvolvidas por meio de um computador e acesso à internet. 
É importante citar que essa atividade não anula a obrigatoriedade de o colaborador precisar se deslocar até a empresa em algum momento.
Nessa opção, a empresa precisa ter um acordo prévio com relação ao pagamento pelos custos sobre equipamentos, insumos e outras despesas de casa, como energia elétrica. As informações devem fazer parte do contrato.
Ufa, agora acabou!! Rsrsrs E qual é o papel da contabilidade digital com tudo isso? Auxiliar a sua empresa na escolha correta do contrato de trabalho, registro do empregado, folhas de pagamento e tudo que for relacionado a sua admissão. 
Então, fique tranquilo(a), aqui na Razonet Contabilidade digital disponibilizamos tudo em nosso app, onde você pode acessar tudo online a qualquer hora e lugar. Além disso, temos um atendimento humanizado para ajudar com as dúvidas do dia a dia. 
 
2.2 Jornada de trabalho

Depois que você definiu o contrato de trabalho é hora de estabelecer a jornada de trabalho do empregado. Isso irá depender das atividades necessárias e tipos de contrato:

  • Jornada integral: jornada de trabalho de 08 horas diárias ou 44 horas semanais e 220 horas mês;
  • Jornada parcial: jornada de trabalho de 25 horas semanais, sem horas extras e remuneração proporcional equivalente ao valor recebido pelos colaboradores que executam a mesma função em jornada integral; E ou jornada parcial de 30 horas semanais sem a possibilidade de realização de horas extras;
  • Jornadas diferenciadas: Jornada de 4 horas trabalhadas por dia, sem intervalo; jornada de 6 horas trabalhadas por dia, com intervalo de 15 min.
 
3. Passo a passo para fazer a admissão de um novo funcionário

Qual é o primeiro passo para contratar um empregado? Fica tranquilo(a), abaixo você vai conferir todos os passos para contratar corretamente e tudo o que você precisa saber como empreendedor. Ah, e como a Razonet Contabilidade Digital pode ajudar a sua empresa com a parte de Departamento Pessoal! 

1º Redigir e publicar a oferta de emprego;

2º Escolher o candidato, negociar a proposta e firmar o compromisso;

3º Coletar os seguintes dados e documentos do candidato:

  • COMPROVANTE DO CPF;
  • DOCUMENTO DE IDENTIDADE;
  • TÍTULO DE ELEITOR;
  • CARTEIRA DE TRABALHO (Caso a CTPS seja digital precisará ser informada);
  • CARTEIRA DE MOTORISTA, se necessário;
  • NÚMERO DO PIS/PASEP;
  • COMPROVANTE DE ENDEREÇO;
  • CERTIFICADO DE RESERVISTA;
  • DOCUMENTO DOS DEPENDENTES SE TIVER;
  • CADERNETA DE VACINAÇÃO.
4º Agendar o exame admissional, este deverá ser realizado por um profissional da saúde e segurança do trabalho antes do empregado iniciar a prestação de serviços na empresa. Muita atenção a este exame, com ele é possível identificar se o empregado está apto ou não para trabalhar. Se ele tem alguma doença, você sabe que foi algo que ele não desenvolveu dentro da empresa. 

5º Enviar as informações da admissão para seu contador, no caso a Razonet, realizar o processo de admissão no E-SOCIAL e emitir a documentação do contrato de trabalho. 

6º Com a documentação de admissão em mãos a empresa deve comunicar o candidato para comparecer, assinar os documentos de admissão e iniciar o trabalho na empresa. 

Viu, só?! São apenas 06 passos que você terá todo apoio da contabilidade Digital para que tudo seja alinhado corretamente. Lembrando que, aqui na Razonet, nós temos atendimento humanizado para auxiliar em todos esses passos e tirar as suas dúvidas sempre que for necessário. Temos uma equipe especializada pronta para ajudar com a admissão de empregados, emissão de folha de pagamento e muito mais. 

 
Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos! 


Referência: Gupy

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência de navegação, servindo conteúdos personalizados e analizando nosso tráfego para melhorar a performance. Clique no botão "Estou ciente e aceito" para consentir com nossa utilização de cookies.